MEIO AMBIENTE: ASTRINE RECICLA 20 TONELADAS POR MÊS
07/06/2019 22:25 em Novidades

 

 (Matéria colaboração da Drª Glauce Assis Castro – Advogada em N.Era)

     Dia 05 de junho é o dia nacional da reciclagem, ainda há muito a ser feito, mas o objetivo desta data é conscientizar as pessoas sobre a importância de coletar, separar e destinar os materiais recicláveis, como embalagens plásticas, cartões, peças eletrônicas, vidros, paéis, dentre outros.

   Internacionalmente, o Dia Mundial da Reciclagem é comemorado em 17 de maio. Esta data foi instituída pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), já que a quantidade de lixo produzido diariamente no mundo é um dos mais sérios problemas da sociedade humana.

     A mudança da cultura de subsistência para a cultura intensiva e industrial, aliada ao aumento da expectativa de vida das populações e à explosão demográfica, intensificou o consumo de produtos.

     Não é apenas o consumo desenfreado que gera uma grande quantidade de lixo, toda atividade humana gera detritos de alguma maneira, sejam eles orgânicos ou sólidos.

     No Brasil são produzidas, diariamente, cerca de 255 mil toneladas de lixo (dado referente ao ano de 2018). O lixo brasileiro é basicamente composto da seguinte maneira: lixo orgânico (52%); papel e papelão (26%); plástico (3%); metais como, por exemplo, ferro, alumínio, zinco, aço, etc (2%); vidro (2%) e outros (15%).

    De acordo com dados do Plano Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), apesar de 30% de todo o lixo produzido no Brasil ter potencial de reciclagem, apenas 3% de fato é reaproveitado. Esses números revelam que há um grande desperdício tanto do ponto de vista ambiental quanto econômico e social, uma vez que a reciclagem é uma fonte de renda para milhares de famílias.

 

Nova Era

 

     O lixo produzido pela população de Nova Era é destinado ao aterro sanitário localizado na cidade de João Monlevade, por meio do Consórcio Intermunicipal Multissetorial do Médio Rio Piracicaba. São enviadas em média 200 toneladas de resíduos para o aterro, ao custo de R$ 82,00 por tonelada.

     A Astrine (Associação de Triadores de Materiais Recicláveis de Nova Era) recicla cerca de 20 toneladas de material ao mês, o que significa uma economia mensal de R$ 6.500,00 para o município. Os dados de Nova Era mostram que a cidade recicla mais que a média nacional, mas ainda há muito a ser feito.

     A reciclagem, além de importante por tirar do meio ambiente resíduos que poderiam ficar ali séculos, poluindo e danificando a natureza, contribui para economia de energia, poupa-se recursos naturais e recursos financeiros dos municípios, que podem ser destinados à educação e à saúde.

     

     A produção de lixo é inerente às atividades humanas, mas o destino que damos para ele é nossa responsabilidade.

 

     (Na foto que ilustra esta matéria vê-se a estrutura onde funciona a Astrine, na Av.Copacaba, Bairro Nossa Senhora das Grças)

        

                        Foto de Valdeci J.Oliveira

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!